Crítica | O Internato: Las Cumbres

O Internato: Las Cumbres acerta na ousadia, mas erra a mão ao não conseguir ter um foco bem definido. Uma trama bem definida com toque de diversos elementos é uma coisa, aqui temos um toque de muitas coisas sem nada definido. A história da série em alguns momentos nós leva do nada para lugar nenhum. No fim a série tem alguns bons momentos dispersos nos episódios da primeira temporada. O final promete que o segundo ano da série será melhor. Vamos aguardar para ver se com foco e disciplina a série consegue atingir todo seu potencial.

Sinopse

Depois de uma tentativa de fuga sem sucesso, Manuel desaparece no bosque por ação de um homem misterioso, com uma máscara de corvo. Apesar da disciplina férrea do internato, Paul, Amaia e seus amigos não deixam de procurá-lo um minuto sequer. Em sua aventura, descobrem que a antiga loja que havia no bosque, o Ninho do Corvo, ainda é palco de crimes, e que o internato é mais do que um colégio.